HomeLista de Teses >  [COMO E QUE EU VOU DIZER PARA A GESTANTE? DILEMAS M...]
 
 
 

Fundação Oswaldo Cruz
Escola Nacional de Saúde Pública

"Como é que eu vou dizer para a gestante? Dilemas morais da oferta do teste anti-HIV a gestantes em trabalho de parto: uma contribuição da bioética"
Giselle Raquel  Israel

Dissertação apresentada com vistas à obtenção do Título de Mestre

Orientador: Fermin Roland Schramm
Data de entrega: Maio de 2002

    RESUMO
    INTRODUÇÃO
    CAPÍTULO 1 - BIOÉTICA E TRANSMISSÃO VERTICAL DO HIV
    CAPÍTULO 2 - BUSCANDO EVIDÊNCIAS
    CAPÍTULO 3 - TORNANDO OS DILEMAS VISÍVEIS
    CAPÍTULO 4 - CONSIDERAÇÕES FINAIS
    BIBLIOGRAFIA
    ANEXO I
    ANEXO II
    ANEXO III
    ANEXO IV
    ANEXO V
    ANEXO VI
    ANEXO VII
    ANEXO VIII
    ANEXO IX
    ANEXO X
    ANEXO XI

Resumo:
Este trabalho buscou compreender as implicações éticas da oferta do teste rápido anti-HIV a gestantes em trabalho de parto. Interessou-nos conhecer os fatores que teriam influenciado as políticas públicas de saúde na escolha de determinadas estratégias para a prevenção da transmissão do vírus da AIDS, da mulher para o bebê, durante a gravidez e, particularmente, durante o trabalho de parto. Embora lançando mão de ferramentas utilizadas pela teoria principialista, nossa abordagem incorporou elementos da bioética de inspiração feminista. Assim, trilhamos nosso debate em torno do dilema autonomia da gestante em trabalho de parto versus beneficência do futuro bebê. Por entender que no plano dos dilemas estão, também, em jogo as motivações humanas, nos impusemos responder à seguinte pergunta: Haveria, no cotidiano, elementos que apontassem para o reconhecimento da existência de um conflito entre diferentes interesses? Realizamos nosso trabalho de campo, entrevistando gestores de políticas públicas, profissionais de saúde que ofereceram os testes rápidos às parturientes e, também, mulheres que passaram pela experiência. Desta forma, foi possível apreender algumas ambigüidades presentes nesta política de saúde e dar visibilidade aos dilemas morais da oferta do teste anti-HIV às gestantes em trabalho de parto.


Palavras-chave:
Bioética; Transmissão vertical do HIV; Aconselhamento durante o trabalho de parto

  Início