HomeLista de Teses >  [DETERMINANTES DAS DIFERENCAS DE MORTALIDADE INFANT...]
 
 
 

Fundação Oswaldo Cruz
Escola Nacional de Saúde Pública

"Determinantes das diferenças de mortalidade infantil entre as etnias da Guine-Bissau, 1990-1995"
Tome  Ca

Dissertação apresentada com vistas à obtenção do Título de Mestre

Orientador: Dina Czeresnia
Data de entrega: Dezembro de 1999

    RESUMO
    INTRODUÇÃO
    CAPÍTULO 1 - GUINÉ-BISSAU :CARACTERÍSTICAS GERAIS
    CAPÍTULO 2 - MORTALIDADE INFANTIL :INDICADOR DE CONDIÇÕES DE VIDA E DOS SERVIÇOS DE SAÚDE
    CAPÍTULO 3 - MÉTODOS
    CAPÍTULO 4 - DEFINIÇÃO DAS DIFERENÇAS DE MORTALIDADE INFANTIL POR PRINCIPAIS ETNIAS E REGIÕES DA GUINÉ-BISSAU, 1990/95
    CAPÍTULO 5 - ANÁLISE DE DETERMINANTES DAS DIFERENÇAS DE MORTALIDADE ENTRE AS PRINCIPAIS ETNIAS E REGIÕES DA GUINÉ-BISSAU, 1990 - 1995
    CAPÍTULO 6 - DISCUSSÃO, CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES
    BIBLIOGRAFIA
    MULHER EM IDADE FÉRTIL

Resumo:
A Guiné-Bissau fica situada na costa ocidental da África. Sua população - de pouco mais de um milhão de habitantes - conta com cerca de trinta grupos étnicos, distribuídos em oito regiões administrativas. O país é um dos mais pobres do mundo e atravessa graves problemas de saúde. A mortalidade infantil, estimada em 1996, situa-se por volta dos 145/1.000 nados vivos. Foi documentado que, além de ser elevada, a mortalidade infantil se diferencia entre as etnias e as regiões do país. Perante a diversidade cultural de sua população e o preocupante nível de mortalidade, tornou-se urgente o esclarecimento das causas dessa diferenciação de mortalidade infantil entre etnias e regiões. Em virtude disso, este trabalho - que vai demarcar o início de um processo de avaliação do impacto da intervenção com a implantação dos programas de cuidados primários de saúde - tem como objetivo descrever os determinantes das diferenças de mortalidade por etnias e regiões entre os fatores demográficos-maternos, fatores socioculturais e econômicos e fatores de uso dos serviços de saúde, de modo a permitir a adoção de medidas e estratégias adequadas a cada etnia, as quais visam diminuir a mortalidade infantil. Maior destaque é dado aos fatores de uso dos serviços de saúde. De fato, o uso dos serviços de saúde - representado por consultas pré-natais, local de parto e cobertura vacinal de BCG e anti-sarampo - é o principal determinante das diferenciações dos níveis de mortalidade infantil entre as principais etnias e regiões do país.


Palavras-chave:
diferenças de mortalidade neonatal; pós-neonatal e infantil; etnias e regiões

  Início