HomeLista de Teses >  [PESSOAS MUITO ESPECIAIS: A CONSTRUCAO SOCIAL DO PO...]
 
 
 

Fundação Oswaldo Cruz
Escola Nacional de Saúde Pública

"Pessoas muito especiais: a construção social do portador de deficiência e reinvenção da família"
Fátima Gonçalves  Cavalcante

Tese apresentada com vistas à obtenção do Título de Doutor

Orientador: Maria Cecília de Souza Minayo
Data de entrega: Abril de 2002

    RESUMO
    CAPÍTULO 1 - MITO DAS BEIJOCÁCIAS
    CAPÍTULO 2 - ETHOS DO CUIDADO
    CAPÍTULO 3 - REINVENÇÃO DO DESTINO
    CAPÍTULO 4 - ÉTICA DAS VIRTUDES
    CONCLUSÃO
    BIBLIOGRAFIA
    ANEXO

Resumo:
Na tese, analisei a experiência de famílias desafiadas pelo nascimento de um filho excepcional. Investiguei quatro estudos de caso ( um dos quais envolve três famílias) que apresentaram histórias bem-sucedidas. Demonstrei como diferentes famílias conseguiram dar respostas inovadoras aos complexos problemas de seus filhos, promovendo integração e inclusão social. As famílias e seus filhos especiais foram estudados na vida cotidiana e no acesso a bens e serviços (saúde, educação, habitação, lazer, religião), a partir de rigorosos cuidados éticos. O estudo foi feito numa abordagem etnográfica enfocando as dimensões biológicas, psíquicas, sociais e culturais. Dentro de uma perspectiva inter e transdisciplinar, adotei um enfoque qualitativo baseado numa triangulação de métodos, compondo um caleidoscópio de informações-impressões e produzindo uma rica troca entre experiências e saberes. As famílias revelaram-se uma fonte de inesgotável conhecimento e sabedoria de vida. Os portadores de distúrbios mentais agigantaram-se, quebrando ilusões e preconceitos sobre suas incapacidades, desafiando os limites e correspondendo ao grande investimento que receberam. Os resultados também apontaram conquistas recentes de técnicos, professores e instituições em nosso País, os efeitos das novas políticas de saúde e de educação, além de dar visibilidade aos absurdos perpetuados pela prática profissional e institucional.


Palavras-chave:
família; excepcional; inter e transdisciplinaridade; psicologia; cultura; psiquiatria

  Início